A gestão e a discriminação de preços em contextos organizacionais: contributo teórico numa perspetiva turística

César Lapa Barros, Bruno Miguel Sousa

Abstract


Objetivo: Perceber de que forma as organizações abordam a estratégia de pricing, mais especificamente no que concerne ao setor do turismo em Portugal, no que respeita ao marketing utilizado no turismo para portadores de necessidades especiais. Procura-se reunir e sistematizar alguns contributos teóricos em torno da gestão e discriminação de preços em contextos organizacionais (turísticos).

Metodologia: No que concerne à metodologia proposta do presente estudo (work in progress), o trabalho empírico será desenvolvido com recurso à combinação de metodologia qualitativa (focus group a empresários do turismo) e quantitativa (questionários junto de consumidores turísticos).

Originalidade: A crescente globalização e competitivade nos mercados (de que o turismo é fortemente representativo), requer soluções inovadoras de gestão, incluindo soluções inovadoras de pricing, e a procura pela vantagem competitiva em domínios turísticos e hoteleiros.

Resultados: O pricing é uma tarefa complexa que é influenciada por fatores como as caraterísticas e a singularidade do produto turístico, o ambiente competitivo, o custo de capital e a estrutura de custos desta indústria e as preferências individuais e a sensibilidade ao preço do consumidor deste produto.

Implicações práticas: O presente estudo representa um importante contributo na forma como poderão ser orientadas as principais decisões de price management. Em específico, procurar-se-á apresentar, em trabalhos futuros, algumas das boas práticas utilizadas pelo setor do turismo e principais impactes na decisão de compra do visitante ou turista.

Limitações da investigação: Por se tratar de uma abordagem preliminar, o presente manuscrito apresenta algumas limitações de natureza amostral e de análise e discussão de resultados. Estudos futuros permitirão aos investigadores desenvolver o trabalho empírico e apresentar novos contributos numa perspetiva interdisciplinar (contributos para a gestão de preço e para o turismo).

Palavras-chave: competitividade, discriminação de preços, hotelaria, pricing, turismo

Full Text:

PDF

References


Adhikari, A. (2016). Fairness in Participative Pricing: A New Way of Pricing in Hospitality Sector.

Antunes, C. R. (2018, April). Improving Top Hospitality Management: From bundling strategies to price sensitivity.

Barros, C. L. (2017). A adequação da estratégia de pricing Pay What You Want à distribuição de conteúdo digital online. Porto.

Barros, C., & Sousa, B. (2019). Price and marketing strategy in tourism context: a preliminary study to mitigate seasonality. International Journal of Marketing, Communication and New Media, forthcoming.

Bigne, J. E., Sanchez, M. I., & Sanchez, J. (2001). Tourism image, evaluation variables and after purchase behaviour: inter-relationship. Tourism management, 22(6), 607-616.

Chao, Y., Fernandez, J., & Nahata, B. (2015). Pay What You Want Pricing: Can it be profitable? Journal of Behavioural and Experimental Economics, 176-185.

Chao, Y., Fernandez, J., & Nahata, B. (2017, Outubro 23). Pay-What-You-Want pricing under competition: Breaking the Bertrand trap. Retrieved from Available at SSRN: https://ssrn.com/abstract=3057674 or http://dx.doi.org/10.2139/ssrn.3057674

Cunha, L. (2008). Avaliação do potencial turístico. Cogitur, Journal of Tourism Studies, 1(1).

Dekhili, S., & Connan-Ghesquiere, C. (2013). La politique de prix "Pay What You Want": partage du pouvoir ou action de communication? Gestion 2000, 15-30.

Egbert, H., Greiff, M., & Xhangolli, K. (2015, January). Pay What You Want (PWYW) Pricing Ex Post Consumption: A Sales Strategy For Exeprience Goods. Journal of Innovation Economics & Management(16), 249-264. doi:10.3917/jie.016.0249

Ferreira, J., Sousa, B. M., & Gonçalves, F. (2018). Encouraging the subsistence artisan entrepreneurship in handicraft and creative contexts. Journal of Enterprising Communities: People and Places in the Global Economy. https://doi.org/10.1108/JEC-09-2018-0068

Gerstein, M., & Friedman , H. H. (2015). Smart Pricing Strategies for the Internet Age: A Primer. Journal of Accounting and Finance, 15, pp. 25-36.

Gneezy, A., Gneezy, U., Riener, G., & Nelson, L. D. (2012, Maio 8). Pay-what-you-want, identity, and self-signaling in markets. PNAS, pp. 7236–7240.

Hardy, W. (2013). How to perfectly discriminate in a crowd? A theoretical model of crowdfunding. Working Papers.

Hofer, S., & Grassl, W. (2017). The participative pricing method Pay-What-YouWant as. Forschungsforum der Österreichischen Fachhochschulen, (pp. 828-835).

Kim, J.-Y., Natter, M., & Spann, M. (2009, Janero). Pay What You Want:A New Participative Pricing Mechanism. Journal of Marketing, 73, pp. 44-58.

Lages, R.; Sousa, B. & Azevedo, A. (2018). O posicionamento e a imagem em contextos de marketing de destinos turísticos: estudo de caso aplicado à cidade de Braga, European Journal of Applied Business Management, Special Issue, pp. 15-32.

Macedo, C. & Sousa, B, S. (2018). As ferramentas digitais e o turismo para pessoas portadoras de necessidades especiais: um estudo preliminar, European Journal of Applied Business Management, Special Issue ICABM 2018, pp. 131-144.

Sousa, B. M., & Rocha, A. T. (2019). A afetividade na gestão dos territórios e na fixação da população: uma abordagem ao contexto transmontano português. Revista Brasileira de Gestão e Desenvolvimento Regional, 15(1), 2-18.

Sousa, B., Casais, B. & Pina, G. (2017). A influência da marca territorial na predisposição do consumidor turístico: O caso Cabo Verde. European Journal of Applied Business and Management, Special Issue, pp. 324-335, ISSN 2183-5594.

Sousa, B. & Ribeiro, I. (2018). City marketing e os eventos: Um estudo de caso aplicado ao Carnaval de Ovar, European Journal of Applied Business Management, Special Issue, pp. 73-84.

Sousa, B., & Simões, C. (2010). Comportamento e perfil do consumidor de turismo de nichos. Tékhne-Revista de Estudos Politécnicos, (14), 137-146.

Sousa, B. & Vasconcelos, S. (2018). Branding territorial e o papel da imagem no comportamento do consumidor em turismo: O caso de Arouca: o caso do destino de Arouca, European Journal of Applied Business Management, Special Issue, pp. 1-14.

Thaler, R. (1983). Transaction Utility Theory by Richard Thaler. Retrieved maio 14, 2017, from Association for Consumer Research: http://acrwebsite.org/volumes/6118/volumes/v10/NA-10

Tirole, J. (1988). The Theory of Industrial Organization. Massachusetts: The MIT Press.

Toni, D. D., Milan, G. S., Saciloto, E. B., & Larentis, F. (2016). Pricing strategies and levels and their impact on corporate profitability. Revista de Administração.

Wu, C.-W., & Chiu, H.-H. (2016). Price discrimination through group buying. Hitotsubashi Journal of Economics, 57, 27-52.

Zhang, H., Wu, Y., & Buhalis, D. (2018). A model of perceived image, memorable tourism experiences and revisit intention. Journal of destination marketing & management, 8, 326-336.

Zheng, H. (2016). Introductory offers in two-part tariffs: time-inconsistency and signaling approach. Lisboa: ISCTE Business School.




Copyright (c) 2020 European Journal of Applied Business and Management

ISSN: 2183-5594 

Indexing: GOOGLE SCHOLAR - LATINDEX - DRJI - ICI JOURNALS MASTER - REDIB