O marketing cultural na gestão de relacionamentos e fidelização de públicos: uma abordagem exploratória

Armandina Silva, Bruno Miguel Sousa

Abstract


Objetivos: O principal objetivo do presente estudo consiste em discutir o papel e influência da imagem no comportamento de compra do consumidor, em contextos específicos de marketing (i.e. marketing cultural). Pretende-se compreender de que forma marketing cultural contribui para a gestão e relação com os públicos a médio e longo prazo.

Metodologia: Pesquisa descritiva causal, por forma a inventariar factos, observar determinados fenómenos e identificar variáveis (teste de hipóteses), com o objetivo de estabelecer relações de causa e efeito. O estudo prevê que, em futuras etapas, se combine a abordagem qualitativa (i.e. pesquisas exploratórias) e a abordagem quantitativa (i.e. inquéritos por questionário ao consumidor cultural).

Resultados: Os resultados previstos deverão sugerir que a competitividade crescente a que os territórios estão sujeitos, igualmente no setor da cultura, leva à necessidade de uma gestão ponderada através das ferramentas do marketing (cultural). Neste domínio, o branding surge, por conseguinte, como uma das estratégias mais eficientes para a atração dos consumidores, tendo por base elementos influentes de uma marca cultural.

Implicações práticas: O presente estudo constitui um instrumento de auxílio da gestão em contextos específicos de marketing, aliado ao estudo do comportamento do consumidor, o que se reflete na competitividade entre as cidades e os espaços culturais (i.e. planeamento de espaços, estratégias de comunicação, promoção de serviços, vendas integradas e combate à sazonalidade).

Contributo: O presente estudo apresenta contributos para o marketing (e.g. branding), cultura e desenvolvimento regional e local (e.g. planeamento e gestão de pontos culturais e marketing de relacionamentos).

Full Text:

PDF

References


Azevedo, A., Magalhães, D., & Pereira, J. (2010). City Marketing - My Place in XXI - Gestão Estratégica e Marketing de Cidades. Porto: Grupo Editorial Vida Económica.

Bennet, P. (1995), Dictionary of Marketing Terms, 2nd Edition, American Marketing Association, New York.

Bigné, J. E., Sanchez, M. I., & Sanchez, J. (2001). Tourism image, evaluation variables and after purchase behaviour: inter-relationship. Tourism management, 22(6), 607-616.

Cayla, J., & Arnould, E. J. (2008). A Cultural Approach to Branding in the Global Marketplace. Journal of International Marketing, 16(4), 86-112.

Colbert, F. (2003). Entrepreneurship and Leadership in Marketing the Arts. International Journal of Arts Management, 6(1), 30-39.

Colbert, F. (2009). Marketing delle arti e della cultura (2.ª ed.). (N. Gaiarin, & G. Tinunin, Trads.) Milão, Itália: Rizzoli Etas.

Drucker, P. F. (1990). As organizações sem fins lucrativos. (A. Barradas, Trad.) Lisboa: Difusão Cultural.

Ferreira, B., Marques, H., Caetano, J., Rasquilha, L., & Rodrigues, M. (2015). Fundamentos de Marketing (3.ª ed.). Lisboa: Edições Sílabo.

Governo da República Portuguesa. (2017). República Portuguesa - XXI Governo Constitucional. Obtido em 18 de fevereiro de 2018, de Cultura: https://www.portugal.gov.pt/pt/gc21/area-de-governo/cultura/acerca

Henriques, C. (2003). Turismo cidade e cultura: paneamento e gestão sustentável. Lisboa: Edições Sílabo.

Kolb, B. M. (2013). Marketing for Cultural Organizations: new strategies for attracting audiences (3.ª ed.). New York: Routledge - Taylor & Francis.

Kotler, P. (1972). A Generic Concept of Marketing. Journal of Marketing, 36, 46-54.

Kotler, P. (2006). Marketing para o Século XXI (3.ª ed.). Lisboa: Editorial Presença.

Kotler, P., Kartajaya, H., & Setiawan, I. (2017). Marketing 4.0: Mudança do Tradicional para o Digital. (P. E. Duarte, Trad.) Coimbra: Conjuntura Actual Editora. (original publicado em 2017).

Lages, R.; Sousa, B. & Azevedo, A. (2018). O posicionamento e a imagem em contextos de marketing de destinos turísticos: estudo de caso aplicado à cidade de Braga, European Journal of Applied Business Management, Special Issue, pp. 15-32.

Lendrevie, J., Lévy, J., Dionísio, P., & Rodrigues, J. V. (2015). Mercator da Língua Portuguesa, Teoria e Prática do Marketing (16.ª ed.). Alfragide: Publicações Dom Quixote.

Lisboa, J., Coelho, A., Coelho, F., & Almeida, F. (2008). Introdução à Gestão de Organizações (2.ª ed.). Porto: Grupo Editorial Vida Económica.

Mariñelarena, E. l. (2017). Marketing Cultural. SSCB0110. Antequera (Málaga): IC Editorial.

Mendes, J. V. (1991). Marketing, Patrocínio e Mecenato. Lisboa: Texto Editora.

Moisander, J., & Valtonen, A. (2006). Qualitative Marketing Research: A Cultural Approach. SAGE Publications, Ltd.

Oliveira, C. M. (2017). O marketing em Portugal - dos anos 60 ao futuro. Estoril: Prime Books, Sociedade Editorial.

Pratt, A. C. (2015). Resilience, locality and the cultural economy. City, Culture and Society, 6(3), 61-67.

Pipoş, C., & Funaru, M. (2013). Cultural Marketing in Europe and its impact on Literature. Case Study: Sylvia Plath. Bulletin of the Transsilvania University of Braşov, 6(55), 21-26.

Quevedo, D. M., Schonarth, C., Freitas, E. C., & Araújo, D. C. (2015). O Marketing Cultural e as Políticas Públicas voltadas para a Cultura. Revista Cesumar - Ciências Humanas e Sociais Aplicadas, 20(2), 279-304.

Quintino, T. (2017). Marketing de relacionamento e programas de fidelização. São Paulo: Senac.

Reis, A. C. (2003). Marketing cultural e financiamento da cultura: teoria e prática em um estudo internacional comparado. São Paulo: Pioneira Thomson Learning.

Sousa, B. & Ribeiro, I. (2018). City marketing e os eventos: Um estudo de caso aplicado ao Carnaval de Ovar, European Journal of Applied Business Management, Special Issue, pp. 73-84.

Sousa, B. & Vasconcelos, S. (2018). Branding territorial e o papel da imagem no comportamento do consumidor em turismo: O caso de Arouca: o caso do destino de Arouca, European Journal of Applied Business Management, Special Issue, pp. 1-14.

Sousa, B., Casais, B. & Pina, G. (2017). A influência da marca territorial na predisposição do consumidor turístico: O caso Cabo Verde. European Journal of Applied Business and Management, Special Issue, pp. 324-335, ISSN 2183-5594.

Schmitt, B. (1999). Experiential Marketing. Journal of Marketing Management, 15(1-3), 53-67.

Slack, F., Rowley, J., & Coles, S. (2008). Consumer behaviour in multi‐channel contexts: the case of a theatre festival. 18(1), 46-59.

Yuksel, A., Yuksel, F. & Bilim, Y. (2010). Destination attachment: effects on customer satisfaction, cognitive, affective and conative loyalty. Tourism Management, 31, 274-284.




ISSN 2183-5594

Indexing: GOOGLE SCHOLAR - LATINDEX - DRJI